10406527_10152026635772330_4386533286640
logobranca.jpeg

UM POUCO DA HISTÓRIA

Grupo de Capoeira Angolinha (GCANG)

O GCANG foi fundado em Duque de Caxias (RJ), na década de 90, quando Isac Inácio da Silva, discípulo de Mestre Moraes, inicia seus trabalhos de forma autoral, tornando-se Mestre Angolinha. 

 

A linhagem de Capoeira do Mestre Angolinha remete ao saudoso Mestre Pastinha, conhecido como o grande organizador da Capoeira Angola, o qual teve como seus discípulos Mestre João Pequeno e Mestre João Grande, sendo este um dos formadores de Mestre Moraes. Mestre Angolinha tinha naquele tempo como discípulos, os ainda iniciantes Manoel, Naval, Pajaraca e Bába.


O grupo foi oficializado, em 1997, quando Mestre Angolinha funda um núcleo na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), campus Seropédica (Seropédica-RJ). Em 2001, o grupo ganha um novo núcleo no Clube Carioca, Jardim Botânico (Rio de Janeiro-RJ).

Hoje, o GCANG é composto por 07 Núcleos em território nacional (sendo que 02 desses Núcleos estão em formação) e um núcleo na Europa, todos coordenados por Mestre Angolinha. As atividades de cada núcleo são de responsabilidade de seus respectivos integrantes graduados. Clique AQUI para conhecer um pouco dos Núcleos do GCANG.

Antes da pandemia, Mestre Angolinha e o GCANG realizavam rodas, oficinas, eventos e demais apresentações pelo estado do Rio de Janeiro e outras tantas localidades, inclusive fora do país. Sempre com o compromisso da preservação e da valorização da Capoeira, com maior ênfase na tradição da Capoeira Angola.

Atualmente, todas as atividades presencias do GCANG estão suspensas devido à pandemia, mas várias atividades online estão sendo produzidas. Confira no ACERVO.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

Fotos: Mestre Pastinha (autor desconhecido), Mestre João Grande (CM Steph), Mestre Moraes (acervo GCAP), Mestre Angolinha e Mestre João Pequeno (CM Steph), Mestre Angolinha na roda de Feira de Santana (CM Steph) e as demais (acervo GCANG).

Mestre Angolinha

Isac Inácio da Silva, mais conhecido na Capoeira como Mestre Angolinha, nasceu em Duque de Caxias (Rio de Janeiro). Iniciou-se na Capoeira ainda menino, com seu pai e depois, iniciou os treinos com o falecido Mestre Índio.

 

Na década de 70, conhece Mestre Moraes e participa da época de fundação do GCAP (Grupo de Capoeira Angola Pelourinho), grupo de grande expressividade e responsabilidade pelo fortalecimento e ressurgimento da Capoeira Angola.

 

Leciona Capoeira Angola há mais de trinta anos e formou Mestres como Manoel (Ypiranga de Pastinha-RJ), Bába (Pequena África-RJ) e Japa (GCANG-RJ). É padrinho dos grupos do Mestre Marrom (Ngoma Capoeira Angola-RJ), do Mestre Plínio (Angoleiro Sim Sinhô-SP) e do Mestre Siri (Força Natural-Finlândia).

 

Desde 1992, coordena e orienta o Grupo de Capoeira Angolinha (GCANG). Ministra oficinas no exterior todos os anos desde 1998, já tendo passado por Boston, Nova York, São Francisco, Chicago, Los Angeles, Washington DC, Atlanta, Miami, Toronto, Montreal, Texas, Alemanha, França, Holanda, Finlândia e Inglaterra.

Conserva junto a outros Mestres, a mais antiga roda de Capoeira do Rio de Janeiro: a Roda Livre de Caxias com 48 anos de existência.

 

No ano de 2019 é reconhecido e premiado pela 7ª Edição do Edital Culturas Populares, realizado pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania, como Mestre da Cultura Popular.

Durante a pandemia, produziu Vivências de Angola, uma série de 05 vídeos, onde conta histórias da sua vivência relacionadas à Capoeira. O projeto foi aprovado no Edital Cultura Presente nas Redes, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (@sececrj).

 

Através de constantes metáforas e ditados populares, Mestre Angolinha passa seus ensinamentos e sabedoria, deixando a porção sensível e crítica de cada um(a) trabalhar individualmente.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

Fotos: acervos de Mestre Angolinha e GCANG.

Mestre Japa

Thiago Michelini Barbosa, conhecido no universo da Capoeira Angola do Rio de Janeiro como Mestre Japa. Iniciou na Capoeira Regional em 1995 e foi iniciado na Capoeira Angola, através do Mestre Angolinha, no Grupo de Capoeira Angolinha (GCANG), em 1997.

 

Ao longo destes 25 anos de prática, já ministrou aulas e desenvolveu trabalhos com Capoeira em diversos municípios do estado do Rio de Janeiro. Em 2012, ainda como Contra-Mestre do GCANG inicia um trabalho no município do Rio de Janeiro, que perdura até os dias de hoje.

Em 2018 foi graduado à Mestre de Capoeira, passando a coordenar o GCANG juntamente com Mestre Angolinha e a representar o grupo e seus diversos núcleos: Rio de Janeiro (RJ), Seropédica (RJ), Teresópolis (RJ), Macaé (RJ), Alter do Chão (PA), e Helsinki (Finlândia).

 

Durante a pandemia, coordenou o evento online Vivenciando Saberes de Angolinha, uma contrapartida do espaço cultural GCANG-RJ, que foi beneficiado via Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

Fotos: acervos de Mestre Japa e GCANG.

Todos os registros audiovisuais fazem parte do acervo pessoal de Mestre Angolinha, de Mestre Japa e do GCANG. Não é permitida a utilização deste material para qualquer uso sem a prévia autorização. Caso você tenha o direito autoral em algum registro, favor entrar em contato através do email mestreangolinha@gmail.com. Agradecemos pela compreensão!